Arquivo mensais:outubro 2015

Nossos ídolos deveriam estar na política

Quais os ídolos do povo brasileiro? O que eles fazem? Qual a ajuda deles para mudar o nosso país? Com raras exceções, nossos ídolos pouco olham para além de seus umbigos.

 

O povo brasileiro tem culpa de ter os seus ídolos concentrados na música, no cinema e no futebol? Lhes restam opções?

 

O ideal seria que os nossos ídolos estivessem na política. Não estou falando em jogador, cantor ou ator virar político. Isso é muito comum, e geralmente não dá em nada. Estou falando em os políticos darem motivos para que os tornemos os nossos ídolos.

 

Imagine só milhares de pessoas concentradas em frente a um hotel para ver o deputado fulano de tal. Ou centenas de fãs clube espalhados pelo Brasil em homenagem ao senador sicrano. Que bom seria. Que bom seria.

 

Imagine as pessoas ligando a televisão para ver o pronunciamento do prefeito, governador e presidente. Certos de que eles não lhes decepcionarão. Imagine se batéssemos boca, como fazem as torcidas, afirmando que o meu político é melhor do que o seu. Não esse enfrentamento comum em que os eleitores são mais interesseiros que os políticos.

 

Imagine se tivéssemos orgulho de botar a foto do nosso político de coração na entrada da porta de casa. Que bom seria. Que bom seria.

 

Se tudo isso fosse possível o Brasil seria outro. Não teríamos políticos disputando o título de mais corrupto, de mais ladrão. Eles brigariam sim pelo status de mais trabalhador, de maior defensor do povo.

 

Mais enquanto os políticos não acordam e nos dão motivos para idolatrá-los, continuemos a chamá-los de ladrões e escolhendo nossos ídolos no futebol, na música, nas novelas… É o que temos.

Funcionários de cinco gabinetes vão botar a Câmara de Mossoró na justiça

Funcionários de cinco gabinetes vão botar a Câmara de Mossoró na justiça. Objetivo é receber benefícios que foram pagos de forma seletiva em 2014 e neste ano de 2015, excluindo os servidores de alguns gabinetes.

 

Os gabinetes dos vereadores Francisco Carlos (PV), Celso Lanches (PV), Tomaz Neto (PDT), Vingt-un Rosado (PSB) e Heró Alves apresentaram ofício solicitando que o pagamento fosse feito aos seus servidores, mas como, até esta sexta-feira (30), não houve retorno, uma ação será ajuizada na próxima terça-feira (3).

 

Os funcionários querem receber as férias de 2014 e 2015. Eles tomaram conhecimento do pagamento seletivo por meio de matéria do Blog do Magnos que mostrou que a chefe de gabinete da vereadora Izabel Montenegro recebeu diversos benefícios neste ano. No plenário da Câmara, Izabel justificou que se tratava de pagamento de benefícios de 2014 e 2015. “A gente pensava que niinguém estava recebendo”, relatou um dos servidores excluídos.

Más gestões atrasam o potencial natural de Mossoró

Mossoró é uma das melhores cidades do Brasil. É fato. E poderia ser bem melhor se não fossem gestões pífias que atrasam seu potencial natural. Se Mossoró fosse bem gerida seria, muito provavelmente, duas vezes o que é hoje.

 

Mossoró se perdeu no tempo com gestões farsantes que só levaram tempo em propagar o que não existia. Capital da cultura, maior São João do mundo, país de Mossoró, novo transporte… Muita balela enquanto o trem do desenvolvimento passava.

 

A história poderia ter tido um novo rumo (positivo) com um prefeito que ganhou uma prefeitura de graça. Ledo engano. Mossoró ganhou um novo rumo sim. Mas muito mais negativo com uma gestão que continuou sendo farsante como antes, mas, além disso, bagunçada. Motivo de piada.

 

A verdade é que se não fosse o potencial natural de Mossoró já teríamos voltado ao status de vila com os prefeitos que tivemos e que temos (salvo as costumeiras exceções). “Gestores” que não ajudam, mas atrapalham.

 

Crispiniano assume Fundação José Augusto e PT mostra que está mais firme do que nunca com Robinson

Quem pensou que o PT estava brigado com o governador Robinson Faria (PSD) pode ir tirando o cavalinho da chuva. A nomeação do petista Crispiniano Neto para a direção geral da Fundação José Augusto (FJA) em substituição a Bicudo prova o contrário.

 

Na prática, saiu um indicado da senadora Fátima Bezerra e entrou um nome do deputado estadual e líder do governo na Assembleia Fernando Mineiro.

 

É a segunda passagem de Crispiniano pela FJA.

Empresa desiste e Governo não tem previsão para iniciar melhorias no Aeroporto Dix-sept Rosado

As esperadas melhorias no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró, vai esperar ainda mais um pouco. Embora prometida desde o início do ano, a obra não tem data para ser iniciada.

 

O Governo até realização a licitação, mas a empresa vencedora desistiu de executar os serviços previstos num contrato de pouco mais de R$ 400 mil.

 

Segundo a assessoria de imprensa do DER, a empresa segunda colocada na licitação foi chamada, mas ainda não existe nada definido. “Não temos essa previsão, pois a empresa vencedora desistiu e foi chamada a segunda colocada. Assim que tiver tudo acertado, divulgaremos”, informou a assessoria ao Blog do Magnos.

 

Os serviços viabilizariam o retorno de voos comerciais no Dix-Sept Rosado. No entanto, tanto a obra quanto o voo anunciado pelo Governo do Estado ainda estão no campo das promessas.

Deputados aprovam aumento de impostos sem prazo para vigência

Os deputados estaduais aprovaram, na tarde desta terça-feira (27), os projetos de reajuste das alíquotas de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre Transmissão de Causa Mortis e Doação (ITCMD). A emenda que limitava a vigência das novas alíquotas, no entanto, foi rejeitada pelo plenário.

Na sessão de hoje, a Assembleia Legislativa votou os três projetos de lei que tratam do pacote fiscal, enviado pelo governador Robinson Faria. Na proposta aprovada nas comissões, o aumento do ICMS, IPVA e do ITCMD teria prazo de vigência de 48 meses para a vigência do aumento nas alíquotas. Contudo, a emenda foi rejeitada após reunião dos parlamentares.

Na votação, somente os deputados Hermano Morais (PMDB), Kelps Lima (SDD), Márcia Maia (PSB), George Soares (PR) e Getúlio Rêgo (DEM) foram contrários ao aumento dos impostos.

Fonte: http://tribunadonorte.com.br/noticia/deputados-aprovam-aumento-de-impostos-sem-prazo-para-viga-ncia/328211

 

Francisco José Jr apela pra fé para tentar convencer o povão que antecipar royalties é bom negócio

Sem ter como justificar seu desejo de meter a mão antecipadamente no dinheiro dos royalties, o prefeito de Mossoró, Francisco José Jr (PSD), resolveu adotar uma tática antiga e apelar pra fé para convencer alguém que pegar o dinheiro do futuro para gastar agora é um bom negócio.

 

O prefeito pretende ter um extra de R$ 40 milhões e colocou a famosa estátua jamais erguida de Santa Luzia entre as benesses que esses recursos trariam para Mossoró. Ataca um dos pontos fracos do povo: a fé.

 

Francisco José Jr só esquece que o povo já perdeu a fé nele. A sua rejeição não tem santo que dê jeito. Com ou seu estátua.

Mutirão DPVAT acontece até quinta em Mossoró

De 26 a 29 de outubro a comarca de Mossoró receberá mais uma edição Mutirão DPVAT, como é conhecido o esforço para conciliar processos que envolvem o pagamento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. O evento resulta da parceria firmada entre o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e a Seguradora Líder dos Consórcios de Seguros DPVAT. A pauta incluiu 600 processos, estando agendadas 150 audiências por dia. O evento ocorrerá no 2o andar do Fórum Dr. Silveira Martins, na sala do Cejusc/Oeste.

“Esperamos que seja um evento proveitoso, como se deu nos outros anos, quando alcançamos 80% de acordos”, afirmou o Juiz José Herval Sampaio Júnior, coordenador do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos da Região Oeste. “Esta é a primeira de muitas ações que o Cejusc realizará nos próximos meses”, completou o magistrado.

As partes, logo que cheguem ao Fórum Silveira Martins, serão identificadas, recebendo uma senha que dará acesso ao núcleo de perícia. Após o contato com médico especialista, as vítimas de acidentes serão encaminhadas para a audiência conciliatória Para facilitar o andamento dos trabalhos, a coordenação vem solicitando que as partes que compareçam ao fórum somente no horário marcado e, se possível, acompanhadas apenas do seu advogado, de modo a evitar lotação nas salas do Cejusc.

Este ano 50 pessoas integram a equipe organizadora, incluindo estagiários de direito, magistrados, advogados e pessoal de suporte técnico. Serão 5 bancas de conciliação, com atuação de 2 médicos peritos.